Cibercrimes – Algumas Dicas para NÃO cair nessa

Os cibercrimes estão se tornando cada vez mais comuns. Um estudo realizado no ano passado pela empresa de segurança Symantec revela que nove entre dez brasileiros já foram vítimas de falhas de segurança.

Para não correr o risco de ter dados roubados e possíveis prejuízos financeiros, é importante tomar alguns cuidados. Veja algumas dicas:

  • Desconfie de mensagens de empresas

Os hackers e ladrões de dados costumam conseguir informações através de phishing, usando indevidamente o nome de empresas e outras pessoas. Por isso, desconfie de e-mails e mensagens de promoções, cobranças ou que peçam informações pessoais.

  • Crie senhas de celular mais seguras

Quanto maior a senha do seu celular, melhor. Por isso, troque o PIN de quatro dígitos padrão do iOS nas configurações e bloqueie a tela do Android. Caso não queira uma senha maior, considere mudar o código com frequência.

  • Faça backup do seu computador

Crie o hábito de fazer backup regulares de seu computador para caso tenha algum problema e precise recuperar informações importantes. Se possível, configure seu dispositivo para fazer o backup automaticamente.

  • Instale um antivírus

Vírus e malware são sempre uma ameaça, por isso, tenha um antivírus instalado em seu computador.

  • Bloqueie sua rede de Wi-Fi

O roteador é a primeira linha de defesa da sua rede de Wi-Fi. Crie um login de administrador e uma senha que seja composta por letras e números.

  • Não envie informações pessoais por e-mail

Informações sensíveis, como dados bancários, números de documentos e informações comerciais confidenciais nunca devem ser enviados por e-mail sem criptografia. Caso a mensagem não seja criptografada, um hacker pode interceptar a mensagem e ter acesso à toda a conversa.

  • Evite redes de Wi-Fi públicas

Se for acessar uma rede de Wi-Fi pública, verifique se tem VPN (Rede Virtual Privada, em inglês), que permite criar pontes de ligação entre diferentes dispositivos via Internet, mantendo os dados de comunicação trocados entre eles codificados.

  • Use um gerenciador de senhas

A recomendação é que se use senhas diferentes para cada site cadastrado, contas bancárias e outros acessos. Para não ficar se confundindo com as senhas, use um gerenciador.

  • Use a autenticação de dois fatores

A autenticação de dois fatores oferece uma camada extra de segurança caso sua senha seja roubada. Além da senha, alguns sistemas oferecem a opção de enviar um código por e-mail ou SMS.

  • Permissões e configurações de segurança

Mantenha o software de seu computador e dispositivos móveis sempre atualizados e procure limpar as permissões de sites e aplicativos, que costumam armazenar dados do usuário.

Post Your Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 1997-2018 IZOC Serviços de Internet - Direitos Reservados.