Adwords com Apps e Remarketing

Se você optou pela criação de um aplicativo para a sua marca, ótimo! O Google AdWords disponibiliza diversas opções para anunciar e fazer com que o público, ao menos, o veja.

Uma dessas opções é a campanha de instalação de aplicativos, anunciando nas Redes de Pesquisa e de Display ou no YouTube.

O foco dessa campanha é fazer com que o público faça o download do seu aplicativo.

Campanha Universal para Apps

Aqui, a divulgação vai contar com anúncios no Google Play, YouTube, pesquisas do Google e em outros aplicativos.

Se a pessoa clicar no anúncio, ela será direcionada ao Google Play Store, para fazer o download por lá.

Campanhas de Engajamento com Apps

Com esta opção, o anunciante tem a oportunidade de encontrar pessoas que tenham interesse no seu conteúdo, ou fazer com que usuários que já utilizem o seu aplicativo realizem alguma outra ação.

 

Remarketing

Com certeza você já teve a sensação de estar sendo perseguido por anúncios.

Não sabe como? Eu explico.

Você gosta muito de animais, e parece que todo lugar que você olha no mundo virtual, tem um anúncio de novos produtos para cães ou uma clínica veterinária muito boa.

Isso não é coincidência ou mágica. É muito provável que seja a mesma campanha que você deu uma olhada em outro site, em um banner diferente.

Essa estratégia de mostrar novamente para o usuário um produto que ele havia procurado anteriormente chama-se remarketing.

Utilizando essa técnica, você pode buscar pessoas que já utilizaram seu aplicativo ou acessaram seu site.

Estes visitantes vão rever seus anúncios enquanto navegam em páginas que fazem parte da Rede de Display ou quando fazem uso de palavras-chave que tenham relação com seu anúncio.

Sempre que quiser utilizar essa técnica, deverá colocar a informação.

Como? Com a tag sinalizando o remarketing para o site e/ou aplicativo.

Se o usuário acessar a página que contém essa tag, ele receberá uma espécie de sinal que vai acompanhá-lo por um tempo determinado.

Esse sinal é o que vai identificar o usuário em meio à multidão. Assim, as campanhas de remarketing podem alcançar esse grupo de pessoas que tem o “sinal”.

Remarketing padrão

Os visitantes que já acessaram seu site ou aplicativo vão visualizar seu anúncio enquanto navegam em sites e aplicativos da Rede de Display.

Remarketing dinâmico

Os anúncios são criados pelo próprio Google AdWords para os usuários que já visitaram seu site ou aplicativo.

São anúncios gerados de forma dinâmica, com serviços e produtos que esses visitantes já têm conhecimento.

A navegação para que esse tipo de anúncio ocorra deve ser feita em aplicativos e sites da Rede de Display.

Remarketing para dispositivos móveis

O mesmo vale para pessoas que acessaram anteriormente seu conteúdo por aparelhos móveis.

O anúncio vai acontecer enquanto elas navegam por outros sites ou usam outros aplicativos.

Listas de remarketing para anúncios da Rede de Pesquisa

A pessoa saiu do seu site, porém, continua fazendo pesquisas no Google.

Os anúncios poderão estar disponíveis para elas da mesma forma.

Remarketing em vídeo

A pessoa já interagiu com seus vídeos ou seu canal no YouTube? Também é possível fazer o remarketing com elas.

Enquanto elas buscam outros vídeos, navegam em outros sites ou buscam por aplicativos, elas vão continuar vendo seus anúncios.

Públicos-alvo semelhantes, o “Lookalike” do Adwords

Certo. Você compreendeu como funciona o remarketing, certo?

É possível fazer com que a pessoa que já visitou seu site ou utilizou seu aplicativo visualize, novamente, seu anúncio.

O mesmo vale para aquela persona que já demonstrou interesse em produtos ou serviços anunciados pela sua marca.

A opção, aqui, é a de fazer com que pessoas com um perfil parecido com seus leads sejam alcançadas também.

Assim como os filtros utilizados no Facebook Ads.

Quando você adiciona a opção “públicos-alvo semelhantes”, a plataforma busca por pessoas que costumam acessar palavras-chave relacionadas ao seu produto.

É um público que costuma ter um comportamento muito parecido com o que acessa seus conteúdos.

Como é de se esperar, quando a ferramenta busca por pessoas com interesses semelhantes ao do seu público, o alcance é muito maior, e a chance de conversão também.

Anúncios para listas de e-mail

Quando você começar a utilizar o Google AdWords, vai perceber que também é possível criar campanhas para aquele grupo de pessoas que já é cliente.

Ou para um subgrupo, dentro desse, que tenha algum interesse específico.

Com este recurso, é possível utilizar uma lista de e-mails, que você irá importar para a ferramenta, para exibir anúncios nas pesquisas feitas no Google, YouTube ou Gmail.

E qual a vantagem?

Você tem uma excelente chance de reativar clientes com novos produtos, promoções ou campanhas que visam manter seus leads sempre informados sobre seus produtos.

Outra opção que merece ser citada é a de que, através da sua lista de e-mails, é possível que a ferramenta sugira um novo público-alvo (públicos-alvo semelhantes, lembra?), gerando anúncios para um número maior de possíveis clientes.

Campanhas apenas para chamadas (call only)

Se a sua empresa não é do tipo que gosta de trabalhar com sites, e acredita que através do telemarketing se consegue resultados melhores, também é possível configurar uma campanha.

Ao invés dos já conhecidos cliques, serão geradas chamadas telefônicas automáticas.

 

Complicado? A IZOC Soluções Web torna isso fácil para você, venha falar conosco.

Post Your Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 1997-2018 IZOC Serviços de Internet - Direitos Reservados.