Migração para a Nuvem – CLOUD

Uma aposta que já deixou de ser uma tendência para se tornar uma realidade, a migração para a nuvem permite com que as empresas tenham o que há de melhor em termos de infraestrutura de TI sem a necessidade de altos investimentos.
Os benefícios apresentados pela cloud são claros e evidentes, porém, para ser possível obtê-los no seu máximo, as organizações precisam analisar as suas necessidades com muita atenção, pois é só a partir de então que elas entenderão qual o custo-benefício envolvido.
Isso é importante pelo simples fato de que é a análise desse cenário que trará o entendimento em relação aos níveis de migração, podendo ser total ou parcial. Nesse sentido, os responsáveis pelo projeto devem avaliar questões como segurança, licenças, recursos e preços, procurando encontrar o melhor custo-benefício.
Uma observação pertinente, nesse caso, é que antes de tirar os seus dados (ou infraestrutura) do ambiente físico para colocá-los no online, certifique-se de que o fornecedor de hospedagem possa garantir a qualidade de todo o processo.
Neste conteúdo, mostraremos um passo a passo para fazer a migração para a nuvem de modo a evitar que você tenha problemas durante esse trajeto. A leitura é interessante, e por isso merece toda a sua atenção. Aproveite!

Determine o que fará parte da migração

Cabe lembrar que cada companhia tem a sua própria realidade. Por essa razão, é fundamental que os gestores estejam em sincronia com as equipes técnicas para determinar o que fará parte da migração.
O caminho a ser seguido deve levar em consideração os riscos, as dificuldades e as necessidades de cada etapa do processo. O recomendado é começar pelos itens mais simples como exemplo das aplicações, uma vez que facilitam as operações e não costumam resultar em grandes despesas.
Após as etapas iniciais e menos complicadas, estabeleça as próximas, avaliando a sua infraestrutura de TI atual para considerar de forma estratégica o que pode ser migrado para nuvem e o que deve continuar como está, pelo menos, no momento.

Pense em como os processos serão executados

A maior parcela do planejamento de migração para a nuvem consiste em muita reflexão. Entenda que a geração de ideias e a formação de um plano realmente coeso e seguro só será possível por meio de um pensamento holístico.
Assim sendo, pense em como os processos serão executados no ambiente online, tendo como parâmetro a forma como eles funcionam hoje. Será que serão executados conforme o planejado? Haverá alterações em suas estruturas? De que maneira as operações da empresa serão afetadas?
Essas perguntas — e todas as outras que você achar relevante — devem ser respondidas antes mesmo de iniciar a migração, pois, caso contrário, surpresas desagradáveis podem surgir. Na dúvida, não hesite em procurar as respostas com os profissionais envolvidos no projeto e com o provedor de cloud.

Defina seu tipo de nuvem

Nuvem privada, pública ou híbrida, é preciso definir qual delas será usada.
• A privada proporciona um alto nível de customização e permite o desenvolvimento de uma forte barreira contra o acesso das informações. No entanto, os custos podem ser praticáveis somente para médias e grandes organizações.
• A pública costuma ser utilizada por companhias de pequeno porte, pois é uma alternativa acessível a todos. Contudo, devido à interferência de uma instância na outra, uma nuvem pública pode apresentar problemas de instabilidade.
• A nuvem híbrida, por sua vez, é a opção que combina as duas anteriores. Ao optar por esse modelo, você conseguirá equilibrar custos e segurança, hospedando aplicações e armazenando dados que não geram riscos na nuvem pública, e confiar na nuvem privada para operar os dados e as aplicações que demandam maiores cuidados, por exemplo.

Investigue seu fornecedor de cloud

O próximo passo para fazer a migração para a nuvem é investigar o seu fornecedor. Nesse contexto, avalie o que a proposta estabelece no que corresponde ao monitoramento dos serviços e à disponibilidade do suporte técnico.
Ele deve estar disponível em horários que vão além do expediente comercial, preferencialmente 24 horas por dia e 7 dias por semana. Os melhores provedores oferecem não apenas essa disposição, mas, também, uma assistência rápida e eficiente.
Verifique o histórico da empresa, sua longevidade e, quando possível, quem são os seus clientes. É essencial que você tenha como parceiro uma empresa sólida e que não corra o risco de desaparecer no mercado a qualquer instante.

Garanta a compatibilidade dos serviços

A compatibilidade dos serviços precisa ser garantida.
Com um suporte técnico apropriado, dificilmente você terá problemas quanto a isso, já que, ao contar com um fornecedor especializado e de confiança, seu negócio terá a segurança de que as suas aplicações contenham os recursos necessários para operar, o que engloba uma conexão de qualidade e adequada as suas demandas.

Realize testes

Não se esqueça de que antes de qualquer alteração definitiva, é importante realizar testes. Na migração para a nuvem não é diferente, até porque a “simulação” do funcionamento das aplicações, dos acessos internos e externos e da maneira como as suas operações serão impactadas é crucial para que se possa ter uma melhor ideia acerca do que pode dar certo e o que não pode.
Por fim, vale deixar claro que é possível encontrar diversos tipos de solução na nuvem. Entretanto, nem todas elas são apropriadas para a sua empresa. Sendo assim, é de fundamental importância recorrer a profissionais de TI com a expertise para uma consultoria de qualidade.
A melhor escolha é aquela que oferece os recursos e as funcionalidades que consigam atender plenamente as necessidades da organização. Fazer a migração para a nuvem sem o auxílio desse conhecimento especializado pode levar as empresas a adotarem uma estratégia que não seja compatível as suas demandas.
Quando bem implementada e alinhada com o negócio, possibilitará a obtenção de inúmeros benefícios e contribuirá para o desenvolvimento de uma vantagem competitiva diante da concorrência. Isso é certo!

Post Your Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 1997-2018 IZOC Serviços de Internet - Direitos Reservados.